Covid:19 - “Não tem sido dado suficiente relevo ao sofrimento dos idosos”

Ver entrevista com a Dra. Maria João Quintela

"A cumprir o segundo período de confinamento, motivado pela pandemia da COVID-19, Portugal voltou a ficar em casa. Maria João Quintela, vogal da Direção da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), garante que “não tem sido dado suficiente relevo ao sofrimento dos idosos”.

A também vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Geriatria e Gerontologia mostra-se determinada em “combater os estereótipos negativos, face aos mais velhos” e lembra que “sustentam ainda hoje, mesmo sendo das populações mais pobres, muitas famílias”."